quinta-feira, abril 24, 2008


Aquário ... das coisas mais sinceras que ja ouvi sobre o meu signo.


Não espere que um aquariano proceda, em questões de amor, do mesmo modo que os outros se comportam. Se o fizer, será uma surpresa, uma série de surpresas. Quando se trata de amizade, ele é tudo o que se poderia desejar como amigo e confidente.
Amor? Bem, amor é algo mais. Para um aquariano é, realmente, "algo mais".
Normalmente é quando ele age como se não gostasse de você, que está prestes a ser fisgado, e a razão elementar, lógica simples. Ele gosta de todo mundo. Todos são seus amigos.
Ele se refere até a seu pior inimigo como "meu amigo". Portanto, é algo significativo quando ele diz que não gosta de alguém. O que ele quer dizer com isso merece ser estudado. Os vários matizes podem ser complicados.
Ele não deseja revelar seus verdadeiros sentimentos, a despeito de seu passatempo favorito ser penetrar os sentimentos dos outros. Seus interesses se espalham por toda parte.
É por isso que seu amor pelas pessoas é tão impessoal: ele dá um certo valor a todos os que encontra, enquanto que nós reservamos esses esforços apenas para as pessoas muito especiais de nossas vidas.

Para ele, todo mundo é especial, até os que ele ainda não encontrou.
Ele jamais será egoísta ou mesquinho e, se algum dia demonstrar essas características, uma delicada observação de que está sendo intolerante fará com que se reabilite imediatamente.
Ele não suporta ser chamado de intolerante. Ele levará uma vida cheia de mudanças, controvérsias e acontecimentos inesperados.
Contudo, haverá momentos de perfeita tranqüilidade, impossíveis de encontrar em qualquer outro signo solar. Ele pode muito bem perceber, de repente, que está devotando toda a sua lealdade a você, quando há tantos rostos anônimos por aí, precisando dele.
Então pode recuar a fim de provar a si mesmo que não perdeu o amor por seus amigos e pelo resto da humanidade, ficando apegado apenas a uma pessoa.

Sem comentários: